Notícias‎ > ‎

Sabes quem é Pier Giorgio Frassati?

Publicado a 17/08/2016, 09:37 por CNE 683 Webmaster   [ atualizado a 18/08/2016, 06:01 ]
Temática 2016-2017

O tema deste ano escutista é inspirado em Pier Giorgio Frassati que nasceu em Turim, Itália, em 6 de Abril de 1901 e faleceu em 4 de Julho de 1925.
Filho de uma família abastada e de grande prestígio, dela recebeu uma ténue educação religiosa, onde se destaca a figura marcante da sua avó, por quem nutria grande admiração.

Nenhum ato heróico marca a vida breve deste jovem tão parecido com os seus contemporâneos e tão próximo dos jovens de hoje. A razão da sua santidade está precisamente na sua vida “normal” enraizada na fé em Cristo e encarnada na comunidade eclesial (no seu caso expressou-se na pertença a diversos grupos de oração, acção social e actividade política).

Os que pensam que os santos são pessoas tímidas e solitárias, que desprezam esta vida por só pensarem na outra, ficarão surpreendidos diante da figura do beato Pier Giorgio Frassati: verdadeiro brincalhão, apelidado de “Robespierre” pelos seus amigos, com quem formou a associação denominada “I tipi loschi” – os tipos arruaceiros. Frassati foi um amigo dos pobres e via neles o próprio Cristo.

Foi chamado de Homem das oito beatitudes pelo papa João Paulo II, que o nomeou Patrono dos Desportistas e o beatificou a 20 de Maio de 1990.

Na sua Mensagem para a XXXI Jornada Mundial da Juventude 2016, o Papa Francisco escreve:
"Aqui vem-me ao pensamento o exemplo do bem-aventurado Piergiorgio Frassati. Dizia ele: «Jesus faz-me visita cada manhã na Comunhão, eu restituo-a no mísero modo que posso, ou seja, visitando os pobres». Piergiorgio era um jovem que compreendera o que significa ter um coração misericordioso, sensível aos mais necessitados. Dava-lhes muito mais do que meras coisas materiais; dava-se a si mesmo, disponibilizava tempo, palavras, capacidade de escuta. Servia os pobres com grande discrição, não se pondo jamais em evidência. Vivia realmente o Evangelho, que diz: «Quando deres esmola, que a tua mão esquerda não saiba o que faz a tua direita, a fim de que a tua esmola permaneça em segredo»(Mt 6, 3-4). Imaginai vós que, no dia anterior ao da sua morte, gravemente doente, ainda se pôs a dar orientações sobre o modo como ajudar os seus amigos necessitados. No seu funeral, os familiares e amigos ficaram estupefactos com a presença de tantos pobres, a eles desconhecidos, que tinham sido acompanhados e ajudados pelo jovem Piergiorgio."

Vê mais sobre quem foi Pier Giorgio Frassati: AQUI




Comments